21.08.2009
Saúde
Ney Matogrosso visita Taboão da Serra em campanha contra a hanseníase
compartilhe
Da Redação do Portal O Taboanense

 

O morador que passar pela praça Kizaemon Takeuti até o próximo sábado, dia 22, vai se deparar com a Carreta da Saúde, um projeto do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan), em parceria com a Novartis e a prefeitura de Taboão da Serra. Nesta quinta-feira, o cantor Ney Matogrosso, voluntário em prol da causa, visitou a cidade para divulgar a campanha.
A Carreta da Saúde é um caminhão itinerante que possui cinco consultórios e um laboratório para atender a população das cidades por onde passará. No veículo, todos recebem informações sobre a doença e seus sintomas, se consultam com um médico, realizam um exame para identificar se estão com hanseníase e, em caso positivo, recebem na hora o medicamento para o tratamento no primeiro mês.

Foto: Eduardo Toledo | Divulgação

Ney Matogrosso é um dos artistas voluntários na luta contra a doença
Veja mais fotos da visita do cantor a Taboão da Serra
O cantor Ney Matogrosso disse que existe um grande preconceito contra a doença e por isso a mídia não fala sobre o problema. “É uma doença como as outras, mas ninguém alerta sobre os perigos e a forma de tratamento”, diz. De acordo com o artista, o remédio que combate a Hanseníase é distribuído de graça nos postos de saúde de todo o país.
O Brasil é campeão mundial no registro da doença, superando até mesmo a Índia, onde a Hanseníase é considerada uma epidemia. Em Taboão da Serra os índices estão bem abaixo da média nacional, alcançando cerca de 0,3 pacientes por 10 mil habitantes. “Temos o registro de cerca de cinco casos por ano, mesmo assim fazemos campanhas de prevenção e de informação na cidade”, afirma Milton Parron, Diretor da Vigilância Epidemiológica.
Este é o segundo ano de atuação da Carreta que, com o apoio de diversas prefeituras e secretarias municipais de saúde, percorrerá as regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste, locais onde há grande incidência da doença. Em 2008, o caminhão visitou 32 cidades e detectou mais de 1,3 mil doentes, quase 3% do total dos casos nacionais.
“A proposta é, até dezembro, fazer uma caravana de mobilização e divulgação em torno do problema, ajudar no treinamento de profissionais e detecção de novos casos. A partir de janeiro de 2010, faremos grandes campanhas na área de maior foco da doença no Brasil (Maranhão e Piauí)”, afirma Arthur Custódio, Coordenador do Morhan, entidade que trabalha, desde 1981, pela eliminação da hanseníase no Brasil, contando com voluntários em todo o país, além de parceiros, como a Novartis.
Por meio dessa iniciativa, a Novartis reafirma o seu compromisso com a eliminação da hanseníase em todo o mundo. Desde 2000, a empresa fornece os medicamentos para tratamento da doença em parceria com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Até hoje, foram doados 40 milhões de unidades do medicamento, curando mais de 4,5 milhões de pacientes no mundo todo, o que representou um investimento de US$ 60 milhões. Em 2008, 3,8 milhões de unidades foram distribuídas aos países endêmicos, entre eles o Brasil.
“O acesso a tratamentos de doenças negligenciadas faz parte do compromisso da Novartis com as comunidades nas quais a empresa atua. Com a Carreta da Saúde, esperamos contribuir com a saúde pública brasileira ”, diz Alexander Triebnigg, presidente da Novartis Brasil. 
Participaram da abertura da campanha de prevenção a doença na cidade os vereadores Alexandre Depieri e Olívio Nóbrega, além do secretário de Saúde, José Alberto, médicos, enfermeiros e jornais da imprensa regional.



 

comentários
  • Dikka
    , jabaquara
    Parabéns a todos os artistas,participantes,na luta contra essa doença,pricipalmente ao grande,NEY!!!o qual eu sou fã. Parabéns pela foto.ele é lindo e aí ele está melhor ainda. LINDÃO!!!
deixe seu comentário
Aviso aos navegantes: os comentários são parte fundamental de qualquer site. Com eles, os internautas podem ampliar o debate, complementar as notícias publicadas e tecer críticas e elogios. Por isso não queremos transformar esse espaço em palanque, nem contra e nem a favor. Nós não publicados comentários com palavrões ou agressões gratuitas, comentários fora do assunto ou com auto-propaganda ou propaganda de terceiros. O Portal O Taboanense reserva-se o direito de, independentemente de qualquer aviso ao autor, EXCLUIR qualquer comentário que, a seu exclusivo critério, considere ofensivo ao seu pessoal ou a qualquer terceiro, bem como a bloquear o acesso de qualquer usuário ao espaço de comentários, caso julgue necessário. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal O Taboanense. Os autores dos comentários são civil e criminalmente responsáveis por publicar qualquer conteúdo que viole a lei (incluindo crimes contra a honra, ameaça, preconceito e discriminação).
Por favor aguarde, enviando comentário.
Comentário enviado com sucesso. Obrigado.
oferecimento
  • publicidade
    Firme junto ao povo